domingo, 6 de julho de 2014

Iluminação com spot


Vou contar um segredo, quando eu crescer quero morar em m loft! Simplesmente, acho demais! Talvez pelo apelo artístico ou somente por ter esse ar novaiorquino, ainda não sei. Um detalhe presente nos lofts são os trilhos de iluminação, e enquanto não ocupo um loft, posso adaptar minha casa. Separei alguns modelinhos. Esses trilhos possuem foco orientável, possibilitando dirigir cada spot para um ponto do ambiente.
Para quem não sabe do que se trata, é essa belezinha aqui!




E essa parede de tijolinhos? ♥♥♥







sábado, 5 de julho de 2014

Inspiração Chevron – parte 2!



Chegou a vez dos pequenos, a estampinha chevron cabe em qualquer lugar, qualquer idade. Se você quer dar um toque bem bacaninha pro quarto da cria, chegou o que faltava. Pode ser um quadrinho, uma almofada, um tapetinho ou quem sabe, a parede toda.



Seguem alguns inspirações que fizeram esse coração bater mais forte! ♥

Na parede e no trocador....oinn!!


Definitivamente, eu preciso de um parede dessa na minha casinha nova!



Adorei esse casamento do amarelo, turquesa e cinza!









Tô perdida de paixão pelo cinza!

Achei a prateleira alta demais para as crianças!


Além de ser cinza tem poás??? Fala sério...

quinta-feira, 19 de junho de 2014

Inspiração Chevron - parte 1

Há uma tendência que estou completamente rendida e que me inspirou a decorar o Criado Falante, a estampa chevron (do francês espinha de peixe), missoni ou simplesmente zig zag. Ela já faz muito sucesso lá fora, mas por aqui já está se espalhando. Tem um visu moderno dos grafismos, é um coringa que vai bem em qualquer decoração. Aqui vou mostrar umas pitadinhas de chevron, nas paredes, no chão, nas mesas, nas roupicthas, nas festas....ufaa. Pode notar que o zig -zag cabe em qualquer lugar.

O próximo post, são inspirações para os pequenos. Não podia esquecer daqueles que deixam nossos dias mais alegres.




Para cobrir alguma imperfeição, ou mesmo, dar aquele charme, algumas paredes. Amei a verde.




Até nos melhores momentos, lá está o bendito! Sabe aquele aniversário que vai comemorar em casa mesmo, mas quer dar uma caprichada? tá aí!

Gente, as possibilidades são infinitas, o céu o limite!


 Minha sala nova anseia por um tapetinho desses!


Ai meu Deus, aguenta coração!
Esse carinha aqui, não podia ficar fora dessa!
Charlie Brown e seu look chevron ♥


E aí, ficou inspirada também?? Segue um tutorial facinho, facinho. E você pode adaptar para a parede, por exemplo.

domingo, 8 de junho de 2014

Fornos de embutir ou de bancada?

A saga continua. Depois da aventura “Em busca do cooktop ideal”, chegou o momento de escolher seu companheiro, o forno, aquele que em parceria com o fogão farão irresistíveis pratos. Mas como nada é fácil e nem barato, demorei um bocado até finalizar meu pedido.
Como minha cozinha é pequena, optei pelo de embutir, pelo simples motivo de otimizar o espaço. Mas os modelos são tantos, e como são caros. Basicamente eles se dividem em elétrico e a gás.


Estava disposta a adquirir um forno elétrico, mas encontrei muita dificuldade em achar um elétrico 110v. Mesmo assim, sai em busca do forno ideal. Nõa mudei de ideia pq fiquei com receio de vazamentos de gás, sou meio paranóica com isso. Por isso, decidi por um elétrico mesmo, e depois de quase enlouquecer comparando preço e vantagens, achei um forno Brastemp, por R$990, achei o preço ótimo, e claro, 220w. Como meu lar doce lar ainda não está pronto, ainda dá tempo de alterar.



Achei no Zoom, as principais características de cada:

Forno elétrico
Vantagens:

O forno elétrico utiliza apenas a energia elétrica, não dependendo do gás para funcionar;
Em relação ao microondas, por exemplo, é considerado uma solução mais "natural" no preparo dos alimentos, pois consegue manter a textura mais parecida com uma preparação tradicional, ou seja, o interior mais macio e suculento e o exterior crocante;
Apresenta melhor controle da temperatura durante o preparo da receita;
Após o forno elétrico ser desligado, mantém o calor por mais tempo. Com isso, é ideal para deixar a receita em uma boa temperatura antes de ser servida;
É indicado para pratos mais leves, como massas, por exemplo.

Desvantagens:
O forno elétrico consome, em média, 40% mais energia elétrica do que o forno a gás;
É preciso de um tempo maior para o forno elétrico esquentar e esfriar, demorando mais para alcançar a temperatura ideal.



Forno a gás

Vantagens:
O forno a gás gasta menos energia elétrica;
Quando comparado com o forno elétrico, o forno a gás é mais rápido tanto para esquentar quanto para esfriar, evitando acidentes com a alta temperatura;
É considerado a melhor opção para pratos que precisam de um longo tempo de cozimento, como assados em geral. Os pratos preparados em um forno a gás ainda oferecem um sabor mais refinado. (Acho que não terei pratos com sabor refinado L).

Desvantagens:
A temperatura de um forno a gás pode não ser tão precisa quanto a temperatura de um forno elétrico. Com isso, é necessário maior atenção, principalmente nas receitas mais rápidas;
Necessita conexão com a rede de gás.


terça-feira, 3 de junho de 2014

Fogão convencional ou cooktop?

Estive olhando para o meu fogãozinho velho de guerra, pensei que minha casinha nova merecia um fogãozinho com mais bala na agula e facinho de limpar. E lá fui eu me aventurar no mundo dos cooktops, um mais lindo que o outro, até a pronúncia é mais bacana, rá. Tem até de uma boca, porque cargas d'água alguém coloca um fogão de UMA BOCA na cozinha? Porque cozinha pouco? Poxa vida, estou longe de ser uma mocinha prendada, mas até ter um fogão de uma boca, é demais...se alguém souber a razão, me avise. Enfim, descobri que as principais diferenças são: preço e a estética. Porém, eles são diferentes entre si, óh my god!


Cooktop a gás, elétrico ou por indução?
a gás- é parecido com um fogão convencional, com chamas e bocas salientes.


Elétrico - funcionam com energia elétrica, e têm aparência mais suave. As bocas se acendem – ficam vermelhas – quando estão quentes, sem produzir chamas.


Por indução – este fogão produz um campo eletromagnético entre a base das panelas e as bobinas de cobre, (que ficam debaixo da cerâmica), que aquecem instantaneamente a panela, cozinhando a comidinha muito mais rápido, porque toda a energia vai para ela. A vantagem deste fogão é que a boca não fica quente, por outro lado, exige panela especial.


(De uma boca só......kkkkk)

Resumo da ópera, optei pelo fogão a gás, por dois motivos: o preço, e pela cor, o meu escolhido foi este amarelinho aqui, de 4 bocas da marca Casavitra. Ele já chegou, como minha casa ainda não está pronta, ele mora debaixo do sofá, mas está doidinho pra ir morar 'numa' bancadona preta, lindona. ;)